domingo, 24 de fevereiro de 2008

A Grande Fraternidade Branca





Chama Trina


A Fraternidade Branca pode ser definida como uma grande unidade de consciências luminosas e inteligentes formada por um conjunto de múltiplas unidades energéticas luminosas. Estas unidades-hierárquicas, por sua vez, estão inseridas em outras unidades maiores, assim como dentro de cada uma delas existem unidades menores. Todas possuem suas próprias tarefas e missões, visando implementar objetivos e desenvolver princípios na humanidade.
O fio condutor que as une, por assim dizer, é a Luz do Amor Universal em freqüências cósmicas divinas. Cada uma das unidades hierárquicas está em perfeita união e sintonia com a Luz Criadora Universal. A hierarquia segue um sistema piramidal, onde os mais evoluídos se encontram nos níveis mais elevados. Como todos existem dentro de uma unidade luminosa de consciências, estabelecem um sistema piramidal planetário que, por sua vez, situa-se dentro de outro sistema maior, que é a Hierarquia Solar, e assim sucessivamente. Aqueles que estão em um patamar superior tanto servem aos que estão no mesmo nível como aos que estão acima e abaixo, visto que todos formam diversos sistemas piramidais. Por isso, fala-se tanto em hierarquia.
A Grande Fraternidade Branca é integrada pela Corte Celestial (Logos, Elohim, Manus, Chohans, Mestres Ascensionados, Arcanjos, Serafins, Querubins, Devas, Anjos, Elementais, que são os Auxiliares e Mensageiros Cósmicos de Deus), que forma uma Hierarquia de Iluminados atuantes na evolução dos seres vivos da Terra. A Hierarquia dos Iluminados é o Governo Oculto do Mundo, que existe a nível celestial e prevalece sobre tudo o que ocorre na Terra, desde a criação, a sustentação e todas as transformações, para que se cumpra o Plano Divino. Muitos destes Iluminados participam também de outras Hierarquias Superiores e de Conselhos Superiores de Iluminados, até de outras galáxias.

O PLANETA TERRA E OS ILUMINADOS

Os Iluminados prevalecem sobre tudo o que existe no Universo, infinito, em toda a sua extensão, para que se cumpra a Vontade Divina. Esta Ordem foi constituída quando a Terra estava em dificuldades até para manter-se em órbita.
Desde a sua criação a Terra passou pela solidificação, pela formação da ionosfera, estratosfera, pelas primeiras formas celulares, até chegar nas primeiras formas primitivas humanas físicas. Neste período, há dezoito milhões de anos atrás, de primeiras formas humanas físicas, o Planeta serviu de berço para a encarnação de diversos seres do cosmos (livros: "A Caminho da Luz", "Exilados de Capela"). Porém, há um intervalo de tempo quase infinito e desconhecido na história da Terra. Foi o período - 500.000 anos atrás - em que há registros da presença de Extraterrestres, Interplanetários bons e maus, em várias partes do Globo. Neste período inicial, houve a encarnação da 1ª raça raiz e 2ª raça raiz, tão bem conhecidas da teosofia e de outros estudos ocultistas, e que não eram propriamente raças físicas, completamente materializadas. Isto só se deu na 3ª raça raiz Lemuriana. (Aqui vamos deixar os milênios se passarem e nos adiantar no tempo).

Com a encarnação de espíritos extraterrestres, principalmente os de Capela, a Terra seguia seu destino cósmico e os homens sobre o planeta viviam sob o reinado do terror, dominação e violência. Houve a "queda do homem" devido a vários motivos. Houve o rebaixamento da freqüência vibratória dos átomos da constituição humana e, conseqüentemente, o rebaixamento do nível de consciência. Com a queda, perdeu-se a consciência da Unidade e conheceu-se o sofrimento pela primeira vez neste mundo. O homem entrou em decadência e ficou parecido com o denominado "homem das cavernas". A Terra tornou-se nublada, cada vez mais escura, até não possuir Luz suficiente para manter-se em órbita, sendo um peso muito intenso a ser mantido pelos Astros do Sistema Solar e da Galáxia. Quando este clímax atingiu os pontos de saturação vibratória máxima - que é conhecido nos códigos estelares com o código 666 - abalando o equilíbrio dos planetas próximos, os Diretores Estelares decidiram intervir. Os Hierarcas, reunidos nos Conselhos Superiores condenaram-na e a Seus habitantes.

Sanat Kumara, Logus Planetário, Regente do Planeta Vênus, chamado na Bíblia “O Ancião dos Dias”, que já possuía experiência na recuperação de outros mundos, apresentou-se como voluntário para recuperar o Planeta e a torná-lo viável para a evolução humana.
Toda a humanidade deve ser grata a este Grande Iluminado, que por sua atitude altruística será sempre abençoado. Ele então deixou seu lar e seu Complemento Divino, a muito amada Vênus, para partir para a Terra.

Ele possui a 9a. Iniciação Hierárquica e sua música chave é a Rapsódia sobre um tema de Paganini, 18a. Variação (Rachmaninoff).
Depois que Sanat Kumara assumiu o compromisso de vir para a Terra, e aqui permanecer até que um único ser humano se iluminasse,144.000 almas extraterrestres de Vênus, ofereceram-se para vir com ele e apoiar sua missão.
Foi então iniciada a construção de Shamballa, a cidade de onde o Grande Regente deveria dirigir a Terra, numa ilha do mar de Gobi. Sua construção durou 900 anos.

"Quando a HORA CELESTE soou, o gigantesco mecanismo pôs-se em movimento. As estrelas indicaram a partida dos Deuses e dos Senhores da Chama e de acordo com a Lei, constituíram uma ESFERA DE FOGO de irradiação incalculável e lançaram-se celeremente à grande aventura cósmica que se iniciava (em Vênus) nas mais elevadas alturas do Sistema e devia culminar naquele pequeno lugar da Terra, uma ilha do Mar Gobi (hoje deserto de Gobi), a oeste da Ásia, que posteriormente foi denominada “Ilha Branca”, pelo fato de a cidade ter sido construída com muito mármore branco, jóias preciosas e ouro.
"À medida que a esfera de fogo ia se deslocando pelo espaço em direção à Terra em velocidades incríveis, atravessando rondas e cadeias de mundos dentro do hemisfério solar, os esplendentes Senhores da Chama iam despojando-se de Seus atributos venuzianos e assimilando e adquirindo os que correspondiam ao Planeta Terra."


Iniciou-se uma grande História...

Sanat Kumara, tomou posse como Senhor do Mundo e, inicialmente, com a sua própria Luz, sustentou o Planeta. Com sua Sabedoria preparou Iluminados para a recuperação da Terra. Ele formou, há 16 milhões de anos, uma Irmandade de Iluminados com o nome de Grande Fraternidade Branca (a cor branca é a síntese de todas as cores e, usada no sentido filosófico, representa o ideal de aceitação e união de todos os povos para trabalhar pela causa evolutiva planetária).

Ao chegar em Shamballa, Sanat Kumara invocou a Chama Trina (Azul, Dourada e Rosa), que representa Poder, Sabedoria e Amor, a ação vibratória do Planeta Vênus, que nunca havia sido invocada antes na Terra, e que então foi impressa no coração de cada ser humano vivente na Terra. Foi o primeiro passo para a salvação da humanidade. As flores, as árvores e o Elementais ganharam novo ânimo e no coração do homem brilhou uma nova esperança. A Terra voltou a brilhar.
Shamballa é o maior FOCO DE LUZ que mantém o equilíbrio energético, tanto para receber quanto para distribuir ao Planeta: recebe energia de centros energéticos Solares e extra-solares, como de Vênus, do grande Sol Central, da Constelação de Ursa Maior e de outros Centros Cósmicos; é o centro de irradiação da vida planetária, focalizando Vontade, Sabedoria e Amor, que guiam a humanidade para a Ascensão. Atualmente Shamballa encontra-se no Plano Etérico, com as mesmas características que possuía no plano material, porém mais sutil e mais iluminada.

Oração de Shamballa

“Tu que me chamaste para o caminho do trabalho, aceita minha habilidade e meu desejo. Aceita meu labor, ó Senhor, pois Tu me vês de dia e de noite. Dá-me Tua mão, Ó Senhor, pois a escuridão é grande. Eu sigo a Ti”

Entre os povos da Índia, China, Mongólia, Tibete e Rússia existem muitas referências a Shamballa, a terra das águas cristalinas, a cidade sagrada onde vivem os homens sábios e perfeitos. Ao longo dos tempos, existem muitas referências sobre pessoas que, ao viajarem por esses lugares, tiveram contato e grandes experiências místicas com esses seres que o ocidente praticamente desconhece. A tradição esotérica sustenta que o lugar ainda é a morada terrena dos poderosos seres e que nele se reúnem a cada sete anos os iniciados de todas as nações.

A Grande Fraternidade serve à evolução da Terra e é responsável por todos os seus seres. Está ligada a outras Fraternidades dentro e fora do nosso sistema solar.

A hierarquia deixa o homem e os governantes das nações completamente livres, respeitando o livre-arbítrio. Procura orientar de várias formas todos os governos de todos os povos, conduzindo-os à observação da justiça, das liberdades individuais e coletivas, para que haja uma contínua expansão da consciência, da mente, do sentimento, da sensibilidade e da compreensão. O objetivo maior é ajudar todos os seres humanos a ter os mesmos direitos, deveres e oportunidades de evolução para cumprir suas tarefas na Terra, e viver em completa paz e equilíbrio com todos os seres e forças da natureza.
Resumindo, a Grande Fraternidade Branca é um conjunto de seres que se encontram em vários planos, mundos e dimensões. Cada um deles continua evoluindo dentro de seus próprios processos, trilha o mesmo Caminho da Luz, cumpre as mais diversas tarefas e missões. Uns encontram-se no plano físico, outros no plano astral, outros no plano mental, outros nos planos da alma e outros ainda no plano onde reside o Puro Espírito. Todos estão dentro da unidade maior, que é o Planeta Terra, trabalhando para que os princípios da vida universal sejam sedimentados nos corações, mentes e almas da humanidade. Atualmente, na evolução da Terra existem espíritos originários de diversas escolas planetárias, ou seja, de outros planetas e constelações. Todos precisam seguir as Grandes Leis Universais feitas pelo Criador. Essas Leis dizem que cada Hierarquia Planetária é responsável pelos seres que nela evoluem, trabalham e servem; portanto, todos obedecem à Hierarquia Planetária em que estão servindo. No universo reinam a ordem, a disciplina, a harmonia e o equilíbrio, não o caos que o ser humano imagina.

A vida não é a forma, mas sim o habitante da forma. A alma e o espírito peregrinam pelo universo na busca de um aperfeiçoamento, para expandir e unificar seus estados de consciência e atingir a Consciência Cósmica.


Um dos objetivos principais da Chama Trina é ajudar o homem a atingir níveis mais elevados de consciência, de mente e sentimento, para que ele possa se libertar interna e externamente, iluminar, despertar e expandir suas capacidades latentes, tornar-se mestre de si próprio. Seus princípios são: liberdade, igualdade, fraternidade, equilíbrio, harmonia, paz, amor, justiça, sabedoria e luz para todos os seres. Seus Mestres procuram levar cada pessoa à consciência de que ela é parte de uma enorme família chamada humanidade. Esses princípios constituem metas a serem alcançadas e conquistadas com consciência. Não podemos compreender a Grande Fraternidade Branca unicamente baseados no intelecto, no racional, nos limitados cinco sentidos.
Cada ser humano possui um poder transmutador expresso na Divina presença EU SOU, focalizado através do coração, que foi esquecido após sua “queda”. Cabe ao discípulo fazer com que este poder esteja sempre ativo, sob a proteção e orientação da Grande Fraternidade Branca.



CHAMA TRINA

A Chama Trina é a união de três chamas: azul, dourada, rosa. A Chama do Cristo dentro do coração encarna as mesmas qualidades de amor, sabedoria, e dá poder àquela manifestação no coração do Todo-poderoso, no coração de sua Presença EU SOU , e no coração de seu Cristo Pessoal.
Certamente dentro de seu próprio templo do corpo estão as três plumas ígneas do Espírito Santo cor-de-rosa , dourada e as pulsações azuis da chama vivente. Assim a Trindade divina ganha expressão no mundo da forma material. A energia azul representa o Poder e a Força de Deus; a Dourada, a Sabedoria ou Divina Iluminação; a Rosa, o Puro Amor Divino.
Estas três atividades são os três Aspectos Divinos presentes em todas as coisas. O perfeito equilíbrio destas Três Qualidades Divinas é muitas vezes denominado "O Poder de Três Vezes Três".
Também correspondendo com a trindade do corpo, mente e alma, a Chama Trina arde as necessidades materiais do homem para poder percorrer o corpo (a fé e a benevolência do intento divino); sabedoria para nutrir a mente (iluminação e o uso correto do conhecimento da Lei); e amor para cumprir o destino da alma em manifestação exterior consciente (uma compaixão justa e misericordiosa que sempre é recompensada através da realização criativa individual).
A chama dentro do coração é seu enfoque pessoal do fogo sagrado. É sua oportunidade para se tornar o Cristo. É o potencial de sua Divindade esperando para estar dentro de sua humanidade. É comumente denominada Chama Crística, uma incorporação da atividade do Santo-Ser-Crístico que Jesus chamava: " O Pai em Mim".

Durante as primeiras três idades douradas antes da partida da inocência do homem, o cordão cristalino tinha nove pés em diâmetro e a Chama Trina envolvia a sua forma. A fonte de energia do homem era literalmente ilimitada e a consciência do seu Cristo envolvia tudo.
Depois da queda, foi reduzida a oportunidade do homem para exercitar o seu livre arbítrio. Através do édito cósmico, a Chama Trina foi reduzida a um décimo-sexto de uma polegada em altura.
Como a Chama de Iluminação expande sua consciência interior, envolve seu ser gradualmente até Deus, que com a santa sabedoria, é empossado no altar de seu coração. Mas com cada aumento de sabedoria, o poder e a plumas de amor têm que subir também pela ordem de sua devoção; outra sabedoria não será retida.
Igualmente, com cada poder tem que vir a aquisição da sabedoria e têm-se que amar em equilíbrio perfeito. Também assim, o amor só é atualizado por uma manifestação equivalente de poder e sabedoria.
Reconhecer aquele equilíbrio é a chave dourada para a Cristicidade; você tem que entender que você não pode conhecer por você e não pode trazer em manifestação aquilo que você não percebeu primeiro dentro da chama trina, como o resultado de sua experiência exterior e interna em Deus.

Comece visualizando chama trina ardente dentro de seu coração, um décimo-sexto de polegada em altura, lacrada dentro da câmara secreta de seu coração. Então assista à sua expansão, expansão, expansão, enquanto você medita no Amor:

Oh meu Deus! Eu humildemente invoco a expansão ao longo de meu ser e mundo, de Suas qualidades de Amor Divino - Sabedoria, Poder, Liberdade, Compaixão, Tolerância, Perdão, Paciência, Benevolência, Unidade, Fraternidade, Tato, Diplomacia, Cultura, Beleza, Perfeição, e Auto-domínio.
Eu peço para ser ensinado por Sua Capacidade, para aumentar o Bem nos membros da raça humana, ajudar cada um a cumprir o seu plano divino, a liberar e desenvolver meus próprios talentos individuais e poderes, harmonizar, elevar, purificar e aperfeiçoar meu mundo de sentimento e de meus irmãos. Ser uma constante para amar toda a Vida livre.
Eu decreto, eu aceito, e eu SOU a imagem e manifestação de Seu Amor e Vida, meu Pai Amado. Use minha corrente de vida para canalizar Suas bênçãos para toda a vida na terra e magnificar o Senhor de forma que todos possam ver e possam saber que a Luz de Deus que nunca falha é a Chama Trina ardente batendo dentro de meu coração!


Seu coração é um dos presentes escolhidos por Deus. Dentro dele há uma câmara central cercada por um campo de força e de tal luz e proteção que nós chamamos isto de um intervalo cósmico. É uma câmara separada desta substância, e não há sonda que possa descobrir isto. Ocupa, simultaneamente, não só a terceira e quarta dimensão, mas também outras dimensões desconhecidas ao homem. É assim conectado o ponto do poderoso cordão de cristal de luz que desce de sua Presença de Deus para sustentar a batida de seu coração físico que lhe dá vida e propósito e integração cósmica.
Você não precisa entender um idioma sofisticado ou postulação científica, o como, o porque e o portanto, desta atividade. Esteja contente em saber que Deus está lá e que há dentro de você um ponto de contato com o Divino, uma faísca de fogo do próprio coração do Criador que é chamado de Chama Trina ardente de Vida. Lá queima a essência da trindade do amor, sabedoria, e poder.
Cada reconhecimento feito diariamente à chama dentro de seu coração ampliará o poder e iluminação de amor dentro de seu ser. Cada atenção produzirá uma sensação nova de dimensão por você, se não exteriormente, aparente, então subconscientemente manifesta dentro dos envoltórios de seus pensamentos internos.
Não negligencie, então, seu coração, como o altar de Deus. Não negligencie o sol de seu ser manifesto. Tire de Deus o poder de amor e O amplie dentro de seu coração. Então envie para fora, no mundo, a grandeza, como o bastião que superará a escuridão do planeta e diga:

OBS - O texto em azul foi proibido pela Sumit Lighthouse. Acreditamos que o que é Divino pertence ao Universo.

EU SOU a Luz do Coração
Que brilha nas trevas do ser
E tudo transforma
No tesouro dourado
Da mente de Cristo.
O meu amor eu envio para o mundo
Para apagar todos os erros
E todas as barreiras derrubar.
Eu SOU o poder do Amor Infinito,
Que se expande até alcançar
A vitória no Mundo que não tem fim!



“Com este presente de liberdade infinita, eu lhe dou minha promessa sem fim de lhe ajudar a encontrar sua liberdade imortal para que você nunca determine se render e para que nunca retroceda. Lembre-se de que, contanto que você esteja de frente para a Luz, as sombras sempre estão atrás. E a Luz está lá, também, para tudo transmutar”.

SAINT GERMAIN

Cerimonial da Chama Trina da Vida

(se preferir, usar 3 velas: azul, dourada e rosa e um incenso, ou simplesmente visualize três chamas nestas cores e nesta ordem da esquerda para direita)

Consagração das Velas

Saudamos a Poderosa e Abrangente Luz do Universo, a mais alta Fonte de Vida EU SOU! Nos vos curvamos, reverentemente, em profunda gratidão diante da Luz Cósmica e consagramos estas chamas como símbolo da Chama Trina da Vida, em cada ser humano.

A Chama do Poder(azul)... da Sabedoria(amarela/dourada)... do Amor(rosa)...

Acenda as velas da esquerda para direita e visualize a Chama Trina ancorando em seu coração, no coração de quem deseja e crie um coração no centro de sua casa, no centro do seu país e no centro do Planeta Terra e agora faça a seguinte afirmação:

Poderoso EU SOU, Fonte de toda Vida, preenchei-nos (me) com Vossa Luz e Vossos Divinos Poderes e elevai este ritual a uma poderosa expansão de todo Bem.
Vós, Grandes Divinos Seres da Luz, Mestres Ascensionados, amigos do reino Angélico e da Natureza, ampliai o nosso esforço com Vosso Poder, para abençoar a vida. Nós Vos chamamos com profundo Amor e reverência.

Respire profunda e lentamente e mantendo esta visualização, faça a seguinte invocação:

A GRANDE INVOCAÇÃO

Do ponto de Luz na Mente de Deus
Que flua luz às mentes dos Homens,
Que a luz desça à Terra.
Do ponto de Amor no Coração de Deus
Que flua amor aos corações dos homens,
Que Cristo retorne à Terra.
Do centro onde a Vontade de Deus é conhecida,
Que o propósito guie as pequenas vontades dos homens,
Propósito que os Mestres conhecem e servem.
Do centro a que chamamos raça dos homens,
Que se realize o Plano de Amor e de Luz
E se feche a porta onde se encontra o mal.
Que a Luz, o Amor e o Poder restabeleçam
O Plano Divino sobre a Terra,
Hoje e por toda a eternidade. Amém

O uso e o significado da Grande Invocação

Mantendo a visualização acima citada, faça seus pedidos e seu agradecimentos aos Dirigentes Celestiais Ascensionados destas Chamas. Fique em silêncio por alguns minutos certificando-se da ancoragem da Chama Trina de acordo com seus desejos e respire profunda e lentamente por três vezes e volte à sua Consciência. Faça o encerramento.

Encerramento

Amada Presença Divina EU SOU, Santo Ser Crístico em todas as pessoas:
Vós Seres e Poderes da Luz:

Nós agradecemos pelo derramamento de todas as dádivas Divinas e por Vossa Presença. Reforçai nosso empenho com Vossas Forças, Vosso Amor, Sabedoria e Poder para abençoar toda a vida. Mantende-nos em Harmonia, Paz e Amor como focos para Vossa irradiação no nosso Mundo.
Abençoadas Chamas, marcos de Luz da mais alta Fonte Divina. Nós vos agradecemos por podermos enviar vossas Forças e Vos envolvemos no nosso amor. Reconhecemos a unidade da Vida e nos curvamos humildemente à Luz Cósmica. Todos servimos como condutores da Luz no Corpo da mais alta Fonte EU SOU.

Benção

Selados como a sétupla Chama dos Sete majestosos Elohim e abrigados na Tríplice ação da Chama Trina, vamos adiante como senhores sobre nossas vidas, como vencedores e mestres sobre toda substância. EU SOU LUZ! (três vezes)

EU SOU...... (afirme seu nome de batismo)

Se usar as velas, perceba qual delas queimará mais rapidamente para saber qual Chama, ou seja, qual Virtude, deverá trabalhar mais em você.


A Confederação Intergaláctica e os Mestres

Credo do Templo Unificado da Grande Fraternidade Branca



Fonte: http://www.caminhosdeluz.org/


REFERÊNCIAS


A hierarquia dos Iluminados – Narcy C. Fontes
Resgate - Marisa Varela
http://web.prover.com.br/nominato/a_grande_fraternidade_branca.htm
http://www.jornalsintese.com.br/art_gf_branca.htm
http://www.ensaio.com/ensaio/esotero/mestres.htm
"Caminho da Luz" - Emmanuel - Chico Xavier
http://www.crisostelar.com/chama_Trina.htm
http://members.nbci.com/amaluz/mestresascensionados.html
http://www.e-net.com.br/grandefraternidade/fraternidade.html

Um comentário:

Aurelia disse...

por qué a prohibição de a Summit Lighthouse?